quinta-feira, 23 de junho de 2016

ENTRE AS LINHAS DO DESERTO







Título: Entre as Linhas do Deserto
Autora: Regina Lyra
Editora: Editora do CCTA da Universidade Federal da Paraíba, UFPB (João Pessoa)
Estante: Poesia
Ano: 2015
Encadernação: Brochura
Idioma: Português Brasileiro
ISBN: 978-85-67818-13-9
Páginas: 102 p.
Peso: 192 (gr)
Estoque: 01 exemplar
Preço: R$ 30,00 + R$ 5,15 = R$ 35,15.

Descrição: Livro novo, limpo, sem anotações ou sublinhados, recém-lançado, excelente estado.  A autora fez a seguinte dedicatória: “Para você, que gosta de poesia, Regina Lyra, 2016”.  Orelha esquerda: dados da autora. Orelha direita: Vitória Lima. Prefácio: Marcus Vinícius Quiroga. Apresentação: Cláudio Murilo Leal.  Contém ainda posfácios, respectivamente, de: Anélia Montechiari Pietrani, José Mário da Silva, Ricardo Alfaya e Rubenio Marcelo.  Quarta capa: Luís Avelima. Formato: 16 cm x 22 cm.  Acompanha marcador de páginas. Regina Lyra, “Entre as Linhas do Deserto”, Editora do CCTA da UFPB, João Pessoa, 2015, 102 p., 192 gramas. Estante: Poesia. // “Entre as Linhas do Deserto” é o oitavo livro solo de poesia de Regina Lyra, autora de João Pessoa.  A obra possui duas seções.  A primeira intitula-se “Poemas de Amor e de Silêncio”, com 35 trabalhos médios e curtos.  A segunda, “Poemas Breves”, traz 60 tercetos.  O título do livro e os das duas partes fazem contraponto e complementam-se reciprocamente.  “Entre as Linhas” é uma locução que remete à metalinguagem e à significativa obra anterior da autora “Vão da Palavra”.  Ambas as expressões sugerem que há um dito, não expresso claramente. Ou, até mesmo, uma outra dimensão que a palavra ainda não conseguiu traduzir. Se a tudo isso o leitor unir a ideia de “deserto”, concluirá que se vê diante de um convite para a meditação.  Afinal, na solidão, no “silêncio” do deserto, santos e poetas meditam. Nesse aspecto, mergulhar num livro de poesia é como ir para um deserto, em que se busca o sentido mais oculto dos versos. Por sinal, exercício a que a própria autora se entrega. Afinal, há muito tempo a poesia de Regina Lyra vem procurando conciliar “sentimento” e “pensamento”, atitude que reflete as tendências mais atuais tanto da Psicologia quanto da Filosofia. (Ricardo Alfaya)

Nota: Clique sobre as imagens para vê-las com maior nitidez.  Inclusive, para ler a quarta capa.


* Você pode comprar por depósito em conta ou transferência bancária. Pedidos: alfayalivreiro@gmail.com

 * Ao comprar, recomendamos, com veemência, a leitura dos sete primeiros tópicos de nossos “Termos de Uso”. Para conhecê-los, basta clicar aqui. 

Nenhum comentário: