sábado, 3 de dezembro de 2016

MODERNA GRAMÁTICA DO BECHARA






Título: Moderna Gramática Portuguesa
Autor: Evanildo Bechara
Editora: Lucerna (Rio de Janeiro)
Estante: Didáticos
Ano: 2005
Edição: 37 ed., revista e ampliada, 15ª reimpressão.
Dimensões: 16 cm x 23 cm
Encadernação: Brochura
Orelhas: Sim. Orelha esquerda: apresentação pela editora. Orelha direita: foto e dados do autor.
Idioma: Português
ISBN: 85-86930-05-9
Páginas:  669 p.
Peso:  1086 (gr)
Estado: Usado, ótimo estado.
Estoque: 1
Cadastrado em: 03.12.2016
Preço:  R$ 8,75 + R$ 16,25 (frete para todo o Brasil) = R$ 25,00

Descrição: Livro em ótimo estado de conservação, seminovo.  Páginas e laterais brancas, conforme se pode notar pelas fotos.  Apenas alguns poucos e esparsos, mínimos pontos de oxidação nas três primeiras páginas e nas extremidades das laterais.  Fui o único dono dessa obra, adquirida em 2006, tendo em vista que, até hoje, a gramática do professor Bechara, membro da Academia Brasileira de Letras, é a mais adotada em concursos.  Por volta de 2010, adquiri outra versão, atualizada pela nova ortografia, uma vez que a aqui oferecida ainda segue a norma ortográfica anterior à reforma.  Por outro lado, de modo algum me desfaço das boas gramáticas de que apenas disponha de exemplar pela antiga ortografia, como é o caso das que tenho de Napoleão de Almeida, Cegalla, Celso Cunha e outros.  Sucede que é sempre bom ter mais de uma gramática para consulta, pois há pontos discordantes entre os gramáticos, devendo-se dar preferência, nesses casos, à opinião dos mais respeitados, atualizados e aceitos, como é o caso do eminente professor Bechara.  Além disso, convém considerar que as normas ortográficas constituem apenas um subcapítulo dentro do primeiro dos cinco grandes capítulos que compõem a obra.  Essa reforma foi apenas ortográfica, nada mudou quanto a assuntos como regras da sintaxe, morfologia, termos da oração, estrutura frasal, colocação de pronomes, regência verbal e nominal, crase, etimologia, semântica, pontuação, estilística, versificação e os tantos assuntos em que esses temas se subdividem, todos minuciosamente estudados por Bechara. Na verdade, o subtítulo “Ortografia”, inserido no grande capítulo “Fonética e Fonologia”, ocupa apenas 13 das 669 páginas do volume.  Portanto, se você já dispõe de algum livro que contenha as regras da reforma ortográfica ou mesmo uma boa gramática de outro autor, vale a pena adquirir a que ora lhe faculto, por esse preço tão especial.  Afinal, além do ótimo estado de conservação, a gramática em apreço foi também revista e ampliada, o que é muito importante.  Abrange, assim, todas as regras gramaticais, contendo ainda ensaios sobre a origem de nosso idioma e estudos linguísticos.  É, portanto, supercompleta e compensará muito para você tê-la como fonte de apoio. (Ricardo Alfaya)

Clique sobre as imagens para vê-las melhor, inclusive, para ler os dizeres da quarta capa.

Nenhum comentário: